10 de jan de 2011

Meu fofura ( :


Ganhei um amigo de uns tempos pra cá
É a maior fofura não dá pra negar
Todo cheio dos blá blá blá blá blá
É só conhecer e vai se apaixonar

Adoro o jeitinho e as piadas que ele conta
Além da intelectualidade que o cara esbanja
Anda sempre sorrindo e é cheio de onda
O caba é maneiro, é meu grande panda

Alanzinho amor, não vou te enganar
Essa tua cara santa vive a encantar
E em meu coração já estás a morar

Seja em Picos, Teresina ou na Eslováquia
Por ti tanto apreço quem conhece guarda
Então por favor, deixe meu lugar na mala


         (Autoria: Noanne Campos / Dedicado a Alan Bezzera)

Nenhum comentário:

Postar um comentário